terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Pare (ser)

Festejar por ser,
Pois parecer é pouco,
Ser livre é infinito,
Parecer é definir o indescritível.

É merecido poder ser,
Deveria ser o mais belo poder,
De quem sabe domar todo o querer.

Triste é quem não é,
Só parece em todos os sentidos,
Culpa de quem?
De quem não é ou de quem define o parecer?

Questões difíceis de se responder,
Mas não é isso,
Ou ao menos deixe toda essa complexidade,
Para agradecer,
Comemorar pela liberdade na sua medida,
Pela vida quando tem o poder de ser.

3 comentários:

  1. Lindo texto...
    É preciso ser...sempreee!!!
    Beijokas estaladinhas... e claro... o meu aplauso carinhoso***

    ResponderExcluir