sábado, 16 de junho de 2018

Dança comigo?

Sentada,
Presa em um único foco,
A mente cansada busca dispersão,
O corpo já não aguenta mais a posição,
O corpo pede movimento,
E a alma pede fluidez.

Notas, sons, palavras,
Misturadas e combinadas,
Com pura energia,
Entram pelos ouvidos e ficam presos dentro do próprio ser.

Começa a ser difícil ficar parada,
A energia começa a fluir,
Os pés batem no ritmo,
Mas as mãos já presas continuam no dever,
É como se o corpo quisesse fluir com a música.

A alma contente brilha,
De sentir algo tão maravilhoso,
A mente desperta,
Se pudesse seria corpo e música,
A mais bela combinação.

Por dentro é poesia e cor,
Seu pudesse deixaria a energia do som levar,
Naquele mesmo momento,
Nada mais importaria,
Se o corpo livre,
Deixasse a música conduzir aquela dança.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Vejo pessoas

hoje eu já tive tantas,
Muitas inspirações,
Para compartilhar com outras pessoas,
Mas poucas estão ao meu alcance agora.

Meu pesadelo é real,
Vejo pessoas assistindo o mesmo canal o dia todo,
E outras criticando o mesmo,
Sem entender o problema nele.

Vejo pessoas apoiando políticos cegamente,
Assim como outras criticando o mesmo,
Com discurso de ódio,
Enquanto quem manipulou isso tudo,
Ri de todos,
Com a grana saindo dos bolsos,
E quase ninguém percebe.

Vejo pessoas vivendo da própria imagem,
De um papel que criaram para si mesmas,
Enquanto a verdadeira alma ignorada,
Chora pelos cantos.

Vejo pessoas comprando,
Gastando e se endividando,
Com coisas que não tem utilidade,
Enquanto outras só queriam um,
Um pão para alimentar a família.

Vejo tudo o que não queria ver,
E o lado bom existe,
Eu sei,
Mas algo deve ser feito,
Deve haver mais esclarecimento,
Mais busca,
Menos ignorância.

É tudo isso,
E muito mais o que não vejo,
Que me incomoda e provoca,
Me faz querer saber,
E desejar que os outros saibam,
Não a minha visão,
Mas saibam que há muito mais do que acreditam.

Esse incômodo vira energia,
Que pulsa os meus dias,
Para entender,
Escrever, compartilhar,
E também atuar,
Provocar reflexão,
Impactar vidas.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Onde está você?

Me diga onde,
Tu esconde teu caráter,
Se encontra sua essência,
Porque a imagem todos sabem,
Ninguém quer ver sua cara estampada novamente.

Todo mundo já sabe o que você faz,
Que você tem centenas de likes,
Comentários exemplares,
O que nem sempre se aplica a você,
Que vive chorando pelos cantos,
Com um vazio dentro do peito.

Para onde vai?
O tempo que gasta nas redes,
Curtindo para ser curtido,
Elogiando para ser elogiado,
Enquanto podia amar para ser amado?

O tempo de esvai,
Aquele que você mais precisa,
Para sair por aí e ganhar curtidas,
Ou você acha que é vida,
Desfilar nas ruas para mostrar seu dia,
Nas mesmas que tem gente sofrendo e você nem estende a mão?

Desculpe irmão mas quem não tem desculpa é você!
Que enquanto podia aprender,
Discute uma notícia que viu por aí,
Como se soubesse realmente o que aconteceu.

Acorde antes que te apaguem,
É não é do Face nem do Insta,
O apago é da tua vida,
Que deixou de ser,
Para dar vida a uma ilusão...

segunda-feira, 26 de março de 2018

Seja por inteiro

Seja por inteiro,
Limpe sua alma,
Seja mais paz,
Mais amor.

Ninguém é puro, e totalmente positivo,
Não haveria yin sem yang,
Mas seja essa totalidade,
O que pulsa em você.

Não espere enriquecer,
Dormir o desejado,
Ter tudo o que queria,
O essencial está em você,
E se isso bastar,
Tudo fará sentido.

Cada detalhe da sua vida será um presente,
E os problemas com menos força,
Aos poucos serão lições,
Para chegar onde almeja.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Pessoas vem e vão, querendo ou não

Embora fiquemos inquietos,
Incomodados e até mesmo desesperados,
As pessoas vem e vão,
Não importa o quanto você se importe,
Faz parte do livre arbítrio de cada um.


Gostaríamos de escolher,
Quem fica e quem vai,
Claro que nossa vontade influencia,
Mas o encontro das almas em questão,
É quem escolhe,
Fluir e seguir caminho em conjunto,
Ou simplesmente deixar-se nas respectivas lembranças,
Indo para caminhos independentes,
Cada um de uma evolução.
O desafio é não culpar ninguém,
Saber o momento de não insistir,
Porque mesmo com amigos,
O amor é livre,
Não prende,
Quem ama, liberta.

E se você estiver conectado com seus propósitos,
Não sentirá falta de ninguém,
Quem foi será uma boa recordação,
Aprendizado.
Se sentirá preenchido com a própria luz,
Deixará porta aberta para novas pessoas,
E além disso:
Sentirá o amor dos que escolheram ficar.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Não deixe de arte ser, se dela é feito.

É palco para uns,
Refúgio e paz para outros,
Luz que salva das sombras,
Fonte de energia,
Riqueza da alma.

Arte é tudo,
O que você desejar tornar,
Salvação do mundo,
É a companhia que reflete sua alma.

Arte pode ser nada para alguns,
E a vida de muitos,
É o sentido que a vida não faz,
Total inspiração e encontro.

Sem ela a vida seria sem graça e injusta,
E ainda há muitos que a bloqueiam,
Porque negam,
Ou não são fortes para libertá-la,
Minha mensagem por mais que seja difícil,
Não deixe de arte ser, se dela é feito.

Sou arte quando me encontro com um personagem,
Quando deixo a música penetrar em meu corpo,
Ao sintonizar com uma canção e poder tocá-la,
Escrevendo tudo o que não sei dizer.

Nasci para assim ser,
Tenho afinidade com essa energia,
E sem ela não saberia expressar alegria.

Só desejo um dia que o mundo seja  mais arte,
E que todos tenham força,
Foco e sintonia,
Para expressarem e se conectarem,
Deixando a vida mais leve,
Mais humana.

domingo, 7 de janeiro de 2018

Seres no meio da escuridão

Era noite sem luar,
A dor corria solta pelo mundo,
Como infestação de baratas na rua,
Mas o inseticida só tapeava um lado da situação,
Enquanto no outro bairro,
Elas corriam livremente dos bueiros até a casa das pessoas...

Havia alguns seres,
Que não sabiam muito bem onde se colocar,
Observavam, analisavam...
Se preparavam e não se calavam.

Queriam ver o que os outros não viam,
E quando descobriam,
Se surpreendiam:
Como ninguém percebeu?
- Abram os olhos!

Essas nuances se transformavam em versos,
Expressões,
Gritos, personagens,
Para eles, a linguagem era arte.

Sendo assim, se descobriram,
Se uniram,
Organizaram suas vozes a favor da vida.

De delicadas flores,
Desabrocharam a beleza,
Iluminaram as noites escuras e sombrias,
Clarearam mentes,
De modo leve e reflexivo.

Podia não ser a solução,
Mas era uma luz,
A favor da mudança,
Da busca pela resposta,
Pela expansão de horizontes.

Era a única coisa que podiam fazer de coração,
Onde se encontravam,
Expondo a alma em nome de histórias,
Reflexo da vida humana.